GRÁFICOS REJEITAM CONTRA PROPOSTA PATRONAL.

610

Em assembleia no dia 25 de junho, os trabalhadores acharam um absurdo à proposta de reajuste da patronal, “isso é uma falta de respeito com quem está mais tempo dentro da empresa que com a família, muitas das vezes não conseguimos nem se quer ver nossos filhos acordados por que chegamos muito tarde em casa, trabalhamos muito o ano todo e é isso que eles tem para oferecer? 80% das perdas?”(fala de um trabalhador).

Os trabalhadores reunidos em assembleia deliberaram por rejeitar a proposta ofertada pela entidade patronal de 4% e em contrapartida autorizaram a direção/comissão do Sindicato Profissional, a formular a seguinte contraproposta no mínimo:

  • Reposição das perdas salariais, tendo como patamar mínimo a aplicação do INPC
    acumulado do período, incidente sobre todas as cláusulas de cunho econômico;
  • Licença remunerada de dirigentes sindicais para fazer suas atribuições.
  • Manutenção das cláusulas de sustentação financeira constantes na CCT/2018-19 e
    alterações aprovado na pauta de reivindicação 2019-20
  • Manutenção das demais cláusulas constantes na CCT/2018-19.
Compartilhar