STIG-MG realiza Assembleia com trabalhadores de Pouso Alegre e Região

584

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas, de Jornais e Revistas no Estado de Minas Gerais (STIG-MG) realizou mais uma assembleia com os trabalhadores gráficos. Dessa vez, além de fazer na sub-sede, foi feito também em São Sebastião da Bela Vista, na gráfica CIMED, e contou com a presença de mais de 80 trabalhadores.

Os representantes do STIG-MG e os trabalhadores da região conheceram e aprovaram a Pauta de Reivindicações 2017/2018 e Programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Na oportunidade também foi discutido e apoiado pelos trabalhadores o posicionamento contra as Reformas Trabalhistas e da Previdência, bem como a precarização do trabalho com a aprovação da Terceirização.

Confira os principais itens da pauta:

⇒ Reajuste salarial de 10% (dez por cento);

⇒ Redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais;

⇒ Ticket Alimentação – no valor diário de R$ 15,00 (quinze reais);

⇒ Auxílio Educação – as empresas pagarão aos seus empregados um valor correspondente a 20% (vinte por cento) do salário com a finalidade de subsidiar a educação e formação do trabalhador;

⇒ Horas extras – de segunda a sexta no valor de 75%e aos sábados o acréscimo de 100%para as primeiras duas horas, de 150% para a terceira e quarta horas,e de 180% para as demais horas. Aos domingos queremos que seja paga hora extra de 200% sob cada hora trabalhada;

⇒ Participação nos lucros e resultados;

⇒ Manutenção de todas as conquistas das convenções anteriores;

⇒ Cesta Básica – para todos os trabalhadores no valor de R$ 280,00, através de ticket ou cartão alimentação;

⇒ Plano de saúde – gratuito para empregados e dependentes com atendimento médico e exames laboratoriais;

⇒ Auxílio Creche – para trabalhadores que tenham filhos menores de seis anos no valor mensal de R$328,00;

⇒ Igualdade profissional a mulher;

⇒ Estabilidade do empregado em vias de aposentadoria – ao empregado que estiver a 24 meses da aposentadoria e que conte, pelo menos, com quatro anos a serviço na mesma empresa.

Atenção trabalhador! Não deixe de conferir a pauta completa e entre nessa luta conosco. Juntos somos mais fortes.

Clique e veja a pauta de reivindicações