STIG-MG apresenta contraproposta para Patronal

602

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústrias Gráficas de Jornais e Revistas no Estado de Minas Gerais – STIG-MG está em busca dos nossos direitos. Em ofício destinado ao Sindicato Patronal foi informado que os trabalhadores recusaram, em Assembleia Geral, a última proposta apresentada. A pauta foi levada duas vezes à Assembleia e reprovada ambas as vezes pela categoria.

A proposta foi considerada insuficiente diante das reivindicações apresentadas pelos trabalhadores. “Ressaltamos que existe um clamor geral por valorização e estabilidade em função da lamentável prática de ameaças e demissões. Reforçamos, também, enorme preocupação com o grande volume de trabalhadores demitidos no último período devido ao avanço tecnológico e reestruturação produtiva do setor gráfico”, destacou o representante Legal do STIG-mG, José Aparecido Alves Ferreira (membro da comissão de negociação).

Foi solicitada uma nova reunião para o dia 12/09 para a continuidade da negociação.

Reivindicações

  • Recomposição salarial pelo INPC;
  • Redução da jornada de trabalho sem redução de salário
  • Oficialização do ticket alimentação na Convenção Coletiva de Trabalho;
  • Estabilidade provisória até o fechamento da CCT;
  • Liberação de dirigente sindical;
  • Que os patrões repensem: só haverá produção se haver força de trabalho.

Confira o ofício encaminhado ao Sindicato Patronal:

oficio completo

Compartilhar