Não vamos aceitar enrolação! Vamos a luta!

450

atonovalimaEm mais uma rodada de negociação, no dia 21/06, a patronal não apresentou uma proposta condizente com a nossa pauta de reivindicações. A proposta apresentada pela patronal foi de reajuste salarial de 10% para os trabalhadores que recebem o piso salarial, sendo 7% retroativo a maio pago nas folhas de julho, agosto e setembro e mais 3% pagos a partir da folha de pagamento de outubro. Para os demais trabalhadores que recebem acima do piso salarial, a proposta foi de somente 7%; sendo 4% retroativo a maio, pagos na folha de julho, agosto e setembro e mais 3% a partir de outubro de 2016. Sabemos que esses dez por cento parcelados não vai atender a todos os trabalhadores e quando chegar em outubro já vai estar defasado.

Além desta proposta da patronal ser muito abaixo do que precisamos, ela divide a categoria entre aqueles que tem salários acima da classe e os trabalhadores que recebem os pisos salariais. Só para ter uma ideia, o DIEESE estima que em maio de 2016 os trabalhadores deveriam ter um salário mínimo de R$3.777,93. Mas, nas mesas de negociação a patronal insiste em não avançar na discussão das nossas reivindicações e batem o pé para não dar aumento real.

Esta é uma comparação de alguns itens da pauta de reivindicação dos trabalhadores e da postura da patronal com nossos anseios:

REIVINDICAÇÃO TRABALHADORES PATRÕES
AUMENTO SALÁRIAL 9,83% do INPC mais 10% 7%
TICKET REFEIÇÃO R$15,00 POR DIA NEM QUEREM DISCUTIR
AUXÍLIO CRECHE R$328,00 MENSAIS NEM QUEREM DISCUTIR
CESTA BÁSICA R$ 280,00 MENSAIS NEM QUEREM DISCUTIR
AUXÍLIO EDUCAÇÃO 20%DO SALÁRIO MENSAL NEM QUEREM DISCUTIR

 

A defasagem salarial fica mais clara quando nós entramos nos supermercados e não conseguimos colocar no carrinho o básico para nossas famílias. As coisas estão encarecendo cada dia que passa, porque nosso salário não vai aumentar?

PARTICIPE DAS REUNIÕES E ASSEMBLEIAS!

O momento exige maior mobilização da categoria, por isso estão sendo agendadas reuniões e assembleias em todo o Estado de Minas Gerais para fortalecer nossa organização. Sabemos que não serão nas mesas de negociação que vamos garantir nossas conquistas. Somente a participação ativa dos trabalhadores pode reverter essa proposta inaceitável.  O Sindicato chama todos para debater os rumos da nossa campanha salarial e das nossas lutas por respeito, valorização, dignidade, melhores condições de trabalho e salário digno.

A PARTIR DO DIA 29 DE JUNHO SERÃO REALIZADAS REUNIÕES NAS PORTAS DAS EMPRESAS PARA PREPARAR A ASSEMBLEIA GERAL E AS ASSEMBLEIAS REGIONAIS.

PARTICIPE, DÊ SUA OPINIÃO, FORTALEÇA SEU SINDICATO!!!

ASSEMBLEIA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BH: 15/07 NA SEDE DO SINDICATO ÀS 17:00, 18:00 E 19 HORAS

ASSEMBLEIAS REGIONAIS:

TIMÓTEO: Dia 07/07/2016, a partir das 18h – Rua Monsenhor Rafael, numero 155 Bairro Timirim
GOVERNADOR VALADARES: 07/07, a partir das 18h – Rua São João, numero 558, Bairro Centro
ARCOS: 07/07, a partir das 18h – Rua Efraim Procópio, 58, Bairro Centro
DIVINÓPOLIS: 08/07, a partir das 18h – Rua Pernambuco, 534, Centro.
SETE LAGOAS: 12/07, na portaria das empresas.

Compartilhar