Gráfica Alterosa: É hora de lutar por melhores condições

209

Queremos nossos Direitos - Gráfica AlterosaComo de costume, os patrões exploram cada vez mais os trabalhadores para garantirem os altos lucros. E na Gráfica Alterosa não é diferente.

Com a crise econômica que assola o Brasil, a receita do governo e das empresas é uma só: retirar direitos trabalhistas e aumentar os lucros dos patrões. Ou seja, o trabalhador é quem sempre paga o pato e fica no prejuízo.

Por isso, e de extrema importância a união de todos na luta contra a exploração, o assédio, as péssimas condições de trabalho, os baixos salários, entre tantas outras injustiças.

E neste momento, no início de mais uma Campanha Salarial, o STIG-MG começará a negociar a próxima Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com a patronal. Essa é a hora de todos se unirem junto ao sindicato para mostrar sua real força e exigir melhorias e o respeito aos direitos já conquistados.

Para além da Convenção Coletiva, precisamos lutar contras as injustiças na Gráfica Alterosa

O STIG-MG sabe dos muitos problemas pelos quais passam os trabalhadores da Gráfica Alterosa. Por isso, o Sindicato quer conversar com a categoria e dar início à elaboração de uma pauta de reivindicações específica para melhorar as condições de trabalho dentro da empresa.

O Sindicato dos Gráficos estará na porta da Gráfica Alterosa na próxima quinta-feira (8), durante as trocas de turno, para conversar com os trabalhadores. Participe!

Absurdo na Gráfica Alterosa

Uma trabalhadora da segurança foi recentemente demitida da empresa. Qual o motivo? Diante de uma jornada de trabalho de 12 horas, a trabalhadora fez suas necessidades no posto de trabalho por não ter ninguém com quem pudesse revezar para ir ao banheiro. Ou seja, a empresa puniu a trabalhadora vítima das péssimas condições de trabalho. O chefe dessa trabalhadora também foi demitido. Será que essas demissões foi uma tentativa de abafar o caso? A Gráfica Alterosa deveria se envergonhar e resolver os problemas dos trabalhadores que estão diante de condições de trabalho degradantes.

O Sindicato exige uma explicação da empresa sobre o fato ocorrido.

Compartilhar